agosto 13

Projeto de Alfabetização na Construção Civil é destaque na imprensa.


13 de agosto de 2015 às 10:15
Categoria: Gestão de Qualidade , Responsabilidade Social
Publicado por: Thiago Carvalho

A Iniciativa busca disseminar novos conceitos na Construção Civil

Os trabalhadores  da  construtora Faenge que atuam nos canteiros de obras da empresa, têm dentro do local de trabalho a oportunidade de melhorar o ensino. Graças ao projeto em parceria com  Seconci-DF, que possui salas de aula espalhadas por todo DF , oferecendo uma nova chance  para quem quer voltar à sala de aula ou frequentá-la pela primeira vez. O principal objetivo do projeto de alfabetização no canteiros  é contribuir com o desenvolvimento do setor da Construção Civil.

Para os colaboradores do canteiro da obra da Faenge, Chateau du Parc, a importância do projeto é refletida nos avanços conquistados e na melhoria da qualidade de vida. Além de possibilitar o crescimento profissional, a participação dos trabalhadores tem feito a diferença em coisas simples no ambiente de trabalho e  também em seus lares. O sucesso do projeto está  sendo noticiado pela mídia local nas emissoras de TV e  nos Jornais da cidade, que reportam a importância  de incentivar a retomada dos estudos.

A gestora de qualidade da Faenge, Helena Cirqueira reforça a importância da educação na vida do trabalhador. “A parceria com o Seconci-DF e a construtora  faz  um elo entre o ensino e o trabalhador que não teve oportunidade. Graças a esse projeto, muitos estão melhorando a qualidade de vida e voltando a sonhar com coisas simples como tirar uma carteira de habilitação, por exemplo”, conta.

 

Reportagem Band2

IMG_4664IMG_4663

IMG_4665

Reportagem Band3

Sobre o projeto – O projeto de Alfabetização do Seconci-DF é realizado em parceria com o Centro de Estudos Supletivos da Asa Sul (Cesas) e com os empresas associadas à entidade. Para ter uma sala de aula em seu canteiro, as empresas precisam disponibilizar um local apropriado, que pode ser o refeitório, e contribuir para o cadastro dos interessados. Ao aluno, não há nenhum custo e todo o material didático é fornecido pelo Seconci-DF. As aulas podem ser realizadas após o almoço ou depois do expediente, a critério da empresa. Caso não haja trabalhadores em quantidade suficiente para formação de turma, os interessados podem frequentar sala disponível no Setor Comercial Sul, onde há turma disponível para a construção civil e pessoas de comunidade.

 

Apoio: Assessoria de Comunicação Social Seconci-DF

Fotos: Sidney Rocha

Os comentários são fechados.

Facebook

Twitter

FAENGETV

Todos os Videos